Abertura, Meio-jogo e Finais – Estudos

Como jogar a abertura? Por “decoreba” ou conceito?

Como conduzir o meio-jogo? Treinar como?

E os finais? Muita técnica a ser aprendida e conceitos desenvolvidos! Este será nosso tema hoje:

O primeiro final que apresento é de 1922 (J. Sehwers) e aparece no terceiro capítulo do livro Segredos do Treinamento em Xadrez (Dvoretsky). A idéia do compositor deste final era de que as brancas conseguiriam empate após: 1.Tf7 Rg1, 2.Bf6 Tf6, 3.Ta7 e2, 4.Ta2 e1=D, 5.Tg2 Rf1, 6.Tg1! Rg1 afogado. O candidato a Mestre de 11 anos, Dreiev não contente com enunciado (tablas) insistiu em encontrar uma forma de ganhar, a final, as pretas tinham uma torre de vantagem e encontrou um meio! Encontre você também!

J. Sehwers (1922)

Aqui segue um problema de 1973 (Fritz) onde jogam as brancas:

Fritz (1973)

Respostas: xadrezeduca@globo.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s