Cerimonia de Premiação – Fotos – Circuito de Xadrez Escolar


Com organização de Eduardo Quintana Sperb foi realizado o Cerimonial de Premiação do X Circuito de Xadrez Escolar de São Bento do Sul.

Estiveram presentes nas dependências da Praça de Alimentação do Germânia Super Center aproximadamente 200 pessoas, entre alunos, pais, professores, coordenadores e diretores.

No ato da Premiação o Presidente da FMD Sylvio Munhoz, o Diretor do Colégio Froebel Irineu Barcelos e Vereradora Adriane Elisa Ruzanowski estiveram presente fazendo a entrega dos prêmios acessorados pelo alunos/atletas Daniel Gustavo Sprotte e Katia Elaine Sprotte.

Foram entregues as medalhas por equipe, troféus de Campeão por Equipe e prêmios de participação para os alunos presentes na Cerimonia.

Na abertura foi apresentado o vídeo institucional da AXSBS e no decorrer da Cerimônia mais dois vídeos sobre xadrez que foram veículados no Globo Esporte. Também foram relatadas as atividades da AXSBS que realizou no ano aproximadamente 20 eventos e mais de 30 campeonatos abertos a comunidade em 2011, além da já tradicional Ação Social com a arrecadação de alimentos não perecíveis durante o Circuito Escolar.

No final foi feito a entrega do Troféu Transitório de Campeão Geral dos Jogos a EEB São Bento (Bi-campeão) e Ensino Médio a EEM Roberto Grant.

CLIQUE para AMPLIAR.

Fesporte – Regulamentos – JESC, OLESC, Joguinhos e JASC


Clique para ampliar.

Tive a iniciativa, assim como em 2007, de buscar ao longo do ano, e mesmo nos JASC de 2010, conversar com a maioria do técnicos e algumas vezes enxadristas na busca do ideal para o transcorrer dos jogos. No segundo dia de OLESC já conversava com outros tantos para que nos mobilizassemos na busca de melhorias, ao passo que fiz que o mesmo falando com o Presidente da FCX.

A reunião começou com o Kaiser que logo foi a acessorado pelo Diretor Técnico Marcelo Pomar, mais tarde foi chamado a compor a mesa Gilson L. Chrestani, integrante do CED.

Abordando a programação em especial. Assim como em “Tempos Modernos”, alguns seguem “apertando porcas e parafusos” sem nem mesmo saber o que estão fazendo e no inicio da reunião houveram muitas opiniões e divergências; o que é muito bom e enriqueceu bastante o processo de construir algo melhor. Evidentemente houveram muitas opiniões, algumas parciais e outras não; onde ficou claro para parte do grupo que enquanto uns buscam o ideal para uma boa competição outros buscam o melhor para si.

No principio começou com a redução para 5 rodadas, com objetivo principal de chegarmos a uma rodada de pensado por dia, mas no fim buscaremos a adição de um dia na competição e o congresso técnico sendo realizado pela manhã, mantendo-se as sete rodadas.

Nos JESC de 12 a 14 anos aguarda-se o enquadramento do regulamento atual para com o realizado pelo COB na etapa nacional, ou seja, tudo igual: torneio individual com cinco rodadas usando sistema suíço.

Para a OLESC e JOGUINHOS conforme visto acima, a programação deverá sofrer esta alteração, desde que aceita e aprovada pelo orgão maior: FESPORTE. A proposta mais feliz e ideal ficou por conta do professor de Seara: primeiro dia com com relampago e primeira rodada, sendo que a dobra de rodadas fica na segunda e terceira se necessário, e no quarto dia o rápido e o pensado.

Ficou também o encaminhamento para que as medalhas individuais além constarem no quadro, constem no boletim.

JOGUINHOS: ficou comprovado não só o valor das provas individuais para com a modalidade, mas para os atletas, técnicos e público. O outro ponto de vista importante é a extensão e a proporção que chega qualquer medalha conquistada por municipios menores onde isso serve como mola propulsora para o desenvolvimento da modalidade e investimentos; propósito, creio, da FESPORTE: massificar e promover o esporte no estado. O relampago no primeiro dia é estratégico do ponto de vista de marketing para a modalidade e serve com um aquecimento leve para os jovens atletas.

EMPARCEIRAMENTO: ficou claro que alguns não concordam com o atual sistema e outra opção deverá ser estudada, coisa que o nosso DT Pomar fará, incluso com o relato da Regina de como fazem o Mundial: metade do campeonato por vitórias e a outra metade pelos pontos corridos obtidos.

JASC: para 2012 a inclusão das provas individuais de relampago e deixamos claro que não foi bem visto a realização de regionais; coisa que no ponto de vista do xadrez só acarreta em mais despesas .

Para 2012 estudaremos a abordagem da composição dos resultados de relampago, rápido e equipe para chegarmos ao Campeão Geral dos Jogos; como acontece no Parana e já foi impletando nos JABs, visto que, muitos desconhecem  o funcionamento e isso carece de ser entendido para melhor os técnicos se posicionarem.